Apenas palavras

As pessoas nem sempre precisam de tudo para ser feliz. A, forma mais singela que você dispõe de tocar o coração delas, é falando. Há dias em que o que nos conforta, são as palavras extraídas da boca de uma pessoa especial. Falar exige que você pense, mas, com o coração. Deixe o livre pra soltar palavras afáveis e agradáveis, para que o sistema auditivo do seu interlocutor, conduza essas letras unidas, até o coração, aquecendo-o com coisas boas. Utilize de recursos simples, diga um “eu te amo”, abrace. Ajude o próximo. Aqueça o corpo e o coração dos necessitados, e consequentemente, aqueça-se com a imensa gratidão que verá nos olhos dessas pessoas.

Anúncios

Amizade: Um amor recíproco.

Amigos, são aqueles que por mais idiota que você seja, sempre te estende a mão quando te veem no fundo do poço, e que tiram forças não sabemos de onde pra te incentivar, e se preciso, te carregar nas costas, até você recuperar sua vontade de viver. É aquele que te dá coragem para enfrentar seus medos, e que ri junto com você dos momentos em que você se assusta de coisas inúteis, afasta seus pesadelos, ou, pega um pouquinho deles, pra tentar diminuir sua dor. É aquele que te faz rir, que não aceita, mas chora com você, é aquele que te entende, que te elogia, que te vangloria diante dos invejoso, e é aquele que acima de qualquer diferença, te ama. Sabe te respeitar, te conduzir, te proteger, te incentivar. Entende seus dias de depressão, suas crises, seus talentos desastrosos, seus ataques de fúrias, suas desilusões amorosas, te apoia a tentar conseguir coisas que sejam tão difíceis que nem ele se arriscaria. Faz da sua felicidade, a dele, da sua tristeza, a alegria e a força dele que é pra te ajudar a reanimar. Estão conectados a uma rede de amor, que o universo, ainda não produziu outra igual. Amar os amigos, é pra poucos, e são poucos, os que tem amor suficiente para não ter vergonha, de declarar seu amor pelos amigos. Eu amo meus amigos, principalmente: Zé, Sca, Danii, Vaah, Paula, Anna, Gorge, e todos os demais que convivem comigo!

Afeto.

Já parou pra pensar que existe uma hierarquia de gestos que nos fazem demonstrar o nosso afeto, e o tamanho dele para com as outras pessoas?
Começamos com o sorriso, longe, superficial, e o primeiro passo. Depois disso, sempre vem a aproximação e os longos diálogos de apresentação.
Aí, vem o aperto de mão, seguido de um abraço rápido, geralmente com uns tapinhas nas costas, que significa que você á é um amigo.
Depois de um tempo, você fica cada vez mais intimo da pessoa, e se for o caso de sexos opostos, rola até um beijinho no rosto.
Aí, vocês estão super felizes um com o outro, até que rola um selinho, o que sela um outro passo. A liberdade.
Vocês dão aquele abraço mais longo, mais apertado, e o aperto de mão, volta a ser exclusivo para fechar negócios.
E quando o primeiro beijo sai, ai é que começa outra etapa na vida. Se realmente existir afeto suficiente e recíproco, esse afeto, acaba transformando-se em amor, e daí pra frente, uma linda história de amor, há de aparecer.

Blog da JUCE

http://wwwfaistasc-juce.blogspot.com/

Entrem lá galera, reflexões cristãs, feitas com amor do grupo de jovens da JUCE

Indiferenças

Talvez um sorriso, não seja tão lindo pra você quanto é pra mim. Ou aquela música que me lembra você, não passa de um som ritmado em seu pavilhão auditivo. Aquela cena que passa em minha cabeça cada vez que colo meu rosto ao travesseiro, e se exibe em cada palavra da minha oração por você, com certeza não é mesma que você imagina a meu respeito. A coragem é para poucos, mas, nem sempre muda as coisas como deveria. A verdadeira visão das pessoas muda ao longo dos tempos, então, tente não se apaixonar tão rápido de alguém, se não, a decepção pode vir a jato. Cada vez que ouço seu nome, sinto as borboletas em meu estômago, e ao mesmo tempo que imagino você vindo ao meu encontro, fico pensando se as borboletas tem “humanos” no estômago. Mas as verdades, nem sempre são verídicas, pois nossos pensamentos férteis raramente se tornam reais. Não encarar você todos os dias, ou tentar fugir disso, não ajuda muito. O tempo tem poder sobre nossa memória e é colaborador do coração, esperarei o tempo que for para tirar você da minha cabeça, ou para aceitar uma mudança repentina de rumos. Vai de você.

Valeu a pena.

Quando se está deitado em sua cama, antes de dormir, o que se passa na cabeça, são as mais profundas fantasias que vem do interior do nosso desejo inalcançável. Aquelas imagens que você sabe que não tem sentido algum, e mesmo assim fazem parte de sua lista de objetivos. Eu gostaria de saber, porque nos apegamos fácil as pessoas, e porque as amamos tão profundamente, sabendo que é impossível, termos um avanço saudável na relação. Pensar nas besteiras cometidas, não vale a pena. Apenas faça, o tempo se encarrega de colocá-las em uma ordem boa, e as deixarem melhores. A coragem, vai além dos seus atos, ela está em sua auto-estima, eu seu próprio marketing, então, nada de atos heróicos e pensamentos covardes. Arrisque, salte no escuro, lute, busque, aguarde. Palavras de uma vida que valeu a pena.

Mistério e ansiedade.

Quando o mistério nos envolve, tira nossos sonhos lúcidos e os transforma em pistas para desvendar a mais esperada surpresa. As pálpebras fecham, e o sorriso ilumina o rosto, só com a visão da futura revelação. A ansiedade nos segura, e não deixa-nos cair na tentação de fugir da esperança. A esperança, faz de tudo para seguir confiante, e a sorte ajuda na concretização dos fatos. O mistério, é bom. Faz nos pensar, ansiar, esperar, imaginar, viver melhor. É por esse motivo, que conhecemos coisas diferentes a cada dia, e descobrimos novos sorrisos em rostos alheios, que não sabemos nem o nome, por isso, torna-se tudo um grande mistério. O mistério, chamado amor.