Lutas

Certo dia, em um almoço com pessoas especiais, comecei a analisar o motivo de tal adjetivo serem taxados à eles. Pensando na fraqueza deles perante a um mundo tão grande. Graças a Deus, eu estava errado. Estava reparando em uma menina, que não tinha visão, e nem audição. O modo pelo qual ela falava, era o seguinte: Ela segurava nas mãos do interlocutor, e por meio do movimento dele, ela sabia o que ele estava falando. Impressionante, não? E vocês deviam ver a felicidade estampada no rosto dela. Quando estava me despedindo, dei-lhe um abraço, que serviu para me ensinar a lição: Eles são especiais, porque lutam continuamente contra suas limitações, e ainda assim, vivem e sorriem de uma maneira intensa, que muita gente nao faz. Que isso sirva de lição para todas as vezes que reclamamos.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: